Como tratar depressão com hipnose? Entenda

Atualizado: 27 de Ago de 2019

Como tratar a depressão? Essa é uma pergunta cada vez mais pertinente em uma realidade que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, a depressão será a doença mais incapacitante do planeta até 2020. Mais de 300 milhões de pessoas convivem diariamente com os problemas causados por esse transtorno silencioso.


Felizmente, existem meios de tratamento capazes de amenizar os sintomas e garantir ao paciente uma vida normal, como a hipnose clínica, por exemplo. Por isso, neste artigo mostraremos como a hipnose pode ajudar na depressão. Continue a leitura para saber mais!

Há diferença entre estar deprimido e estar triste?


Ficar triste e sentir-se melancólico é algo comum. Todos nos sentimos assim em algum momento. No entanto, o normal é que o estado emocional negativo passe rápido, não durando mais do que alguns dias, em geral.


Porém, a depressão é um grave transtorno e se caracteriza como uma doença que altera o estado de ânimo da pessoa, tirando a sua capacidade de sentir prazer em atividades — que antes eram motivadoras e prazerosas para ela — e modificando o seu humor.


Para entender como a hipnose pode tratar a depressão, primeiramente é muito importante entender essa diferença e conhecer os sintomas da doença.

O que é depressão?


A depressão é caracterizada como um doença na qual o indivíduo sofre desequilíbrios químicos dos seus neurotransmissores. Ou seja, nas substâncias responsáveis pelo transporte de determinadas informações pela rede neural do cérebro, incluindo as sensações de disposição, bem-estar e prazer.



Uma pessoa com depressão acaba cultivando pensamentos negativos e de falta de esperança sobre o mundo ao seu redor e, principalmente, sobre si mesma, refletindo na forma como ela se relaciona com outras pessoas e com a vida em geral. Portanto, a doença reflete tanto na parte psicológica quanto física do indivíduo.

Quais são os sintomas físicos da depressão?


Uma pessoa deprimida pode apresentar diversos sintomas físicos. Entre eles:

alterações no apetite e no peso;

fortes dores de cabeça, em especial no começo do dia;

  • perturbação no sono — o indivíduo tem dificuldades para dormir ou dorme demais;

  • tensão nos ombros e na nuca;

  • baixa imunidade;

  • cansaço e fadiga;

  • atenção e concentração reduzida;

  • perda de memória.

Entre outros.

Quais são os sintomas psicológicos da depressão?


Uma pessoa que sofre de depressão tem a tendência de focar sua atenção em informações que sustentem as suas crenças negativas. Da mesma forma, acaba ignorando ou desvalorizando informações contraditórias.


Além de sofrer em demasia pelo passado, o indivíduo deprimido também sofre pelo atual estado em que se encontra. Quando ele se dá conta de sua realidade, acaba ficando ainda mais deprimido por não saber como tratar a depressão.


Entre os sintomas mais comuns, podemos citar:

  • baixa autoestima;

  • angústia;

  • perda do interesse em coisas que antes eram prazerosas;

  • sentimentos de culpa e inutilidade;

  • humor deprimido;

  • ansiedade exagerada;

  • comportamentos compulsivos.


Entre outros.


Há uma lista de transtornos emocionais que podem ser tratados com a hipnose.

O que causa a depressão?


Existem diversos motivos que podem desencadear a depressão, como:


  • questões financeiras;

  • problemas familiares;

  • fatores psicológicos;

  • problemas de saúde;

  • envelhecimento;

  • eventos estressantes ou traumáticos;

  • consumo de drogas e álcool.


De acordo com Freud, a depressão costuma se originar na nostalgia de algo que foi perdido. A sensação de perda, da mesma forma como o medo de perder algo ou, ainda, a crença de que algo que fora perdido jamais será recuperado, é um dos principais causadores da doença.


Além dos fatores psicológicos, é importante considerar as questões biológicas que contribuem com a evolução de um quadro depressivo. Por exemplo, em situações de grande estresse, ocorre a liberação de hormônios que alteram o funcionamento dos neurônios, deixando o indivíduo mais vulnerável à depressão.


Se a pessoa passou por eventos traumáticos em determinados períodos da infância e de maneira prolongada, as chances de que ela desenvolva transtorno depressivo são ainda maiores. Isso ocorre porque os hormônios ligados à ansiedade e ao estresse afetam o hipocampo (região relacionada ao funcionamento da memória).


Para que você tenha uma ideia, isso pode até mesmo levar a uma mudança anatômica no cérebro, tornando a pessoa ainda mais predisposta à depressão.

Como a hipnose funciona?


A hipnose clínica é uma modalidade terapêutica que auxiliará o individuo com depressão a encontrar as causas de seus problemas emocionais, devido a um acontecimento traumático, por exemplo. A metodologia utiliza conceitos de terapias como humanismo, psicanálise e behaviorismo.


A hipnose é regulamentada nos conselhos federais de Psicologia, Medicina, Odontologia e Fisioterapia. Os médicos, por exemplo, utilizam a hipnose no tratamento de dores crônicas em pacientes com câncer. Já os dentistas, podem utilizá-la como complemento da anestesia.


O indivíduo não é submetido a nenhuma forma de controle, tampouco é obrigado a realizar qualquer tipo de ação constrangedora. Ou seja, a hipnose é um método sério e amplamente utilizado por profissionais de saúde mental e física, muito diferente da chamada “hipnose de palco”, que vemos em programas de televisão.


A técnica da hipnose clínica é relativamente simples e consiste em levar o paciente a um estado adequado de consciência propício ao tratamento proposto, também conhecido como transe, um estágio entre entre o sono e a vigília.


Nesse estado, a frequência cerebral é diminuída, fazendo com que o paciente entre em um estado alterado de consciência, no qual o hipnoterapeuta consegue acessar seu subconsciente. Durante uma sessão de hipnose, essa é uma das fases.


Quando uma determinada memória de uma situação vivida é acessada, há a possibilidade de rever o fato e encontrar uma forma de superá-lo, por meio de métodos e procedimentos que conduzem à ressignificação do trauma.


A hipnose é uma ferramenta terapêutica extremamente eficaz no tratamento da depressão, a pessoa pode notar algumas mudanças positivas já nas primeiras sessões. Contudo, é importante destacar que o tratamento adequado varia de caso para caso, e da mesma forma que pode ser rápido, pode se estender por até meses. Não devendo substituir o acompanhamento médico, mas sim, auxiliando o mesmo.

Como tratar depressão com hipnose?


O tratamento da depressão com hipnose clínica não tem contra indicações e é totalmente natural, bastando somente que o paciente permita-se ser guiado pela voz do hipnoterapeuta e se concentre em suas imaginações.


À medida que a terapia evolui, são tratadas as causas psicológicas da depressão. Por consequência, os sintomas são amenizados, podendo até mesmo desaparecer totalmente com o tempo.


É altamente recomendado que a pessoa procure também um psiquiatra, para tratar a depressão com medicamentos, devido às causas biológicas, enquanto o hipnoterapeuta atua no tratamento das questões emocionais envolvidas no transtorno.

Quais são os benefícios em tratar a depressão com hipnose clínica?


A hipnose clínica no tratamento para depressão gera uma série de benefícios, como:


  • autoaceitação;

  • autoconhecimento;

  • identificação das causas emocionais envolvidas no transtorno;

  • ressignificação de lembranças traumáticas para serem tratadas;

  • redução da ansiedade e do estresse;

  • entre outros.


Por fim, é importante destacar que a hipnoterapia não faz “milagres” ou oferece soluções imediatas para todos os casos. O tratamento é realizado sob medida de acordo com o perfil do paciente, e cada caso é tratado de uma forma particular.


Gostou do nosso artigo sobre como tratar depressão com hipnose? Então não deixe de conferir as próximas postagens do blog para entender mais como a hipnoterapia pode ajudar em transtornos emocionais!


Se conhece alguém que sofra com depressão, ficamos a disposição para agendamento de consulta pelo WhatsApp (13) 99717-6375.

142 visualizações

(11) 95550-2907  /  (13) 99717-6375     /     E-mail: clinicasheknah@gmail.com

Santos: Av. Conselheiro Nébias, 754, Conj. 2508/1813, Boqueirão, Santos - SP

São Paulo: Vila Madalena e Conjunto Nacional (Av. Paulista)

  • w-facebook
  • w-tbird
  • google+